Locação de caminhões: estratégia para a redução de custos

Locação de caminhões: estratégia para a redução de custos

12/03/2020

Sancionada em agosto de 2018, a Lei 13.703/18, também conhecida como “Lei do Frete Mínimo”, está transformando a atuação do setor de transportes. Cada vez mais, empresas têm reduzido a contratação de caminhoneiros autônomos e investido na locação de caminhões – especialmente no setor varejista e no agroindustrial.

No setor agro, existe uma estimativa de que 40% dos serviços sejam atualmente prestados por autônomos, mas com a previsão de queda do percentual para 25%.

Os benefícios na locação de caminhões

Alugar caminhões tem diversos desdobramentos positivos às empresas, como diminuir a ociosidade de veículos próprios, o aumento na mobilidade das entregas e o corte de custos – uma vez que o aluguel não necessita de um investimento de capital tão grande quanto seria necessário para adquirir uma frota própria.

Além disso, as empresas também deixam de se preocupar com processos fundamentais na gestão da frota própria, já que deixam de empregar esforços e recursos nestas áreas para se empenhar em outros segmentos mais estratégicos aos negócios.

Empresas de locação de veículos se preparam para a nova tendência

Uma vez que há maior interesse das empresas na locação de caminhões, locadoras de outros tipos de veículos (como automóveis e utilitários, por exemplo) têm se estruturado para aproveitar esta oportunidade de negócio – aumentando a oferta e até acelerando planos que já existiam.

A Fleet Solutions, do Grupo Volkswagen, é um exemplo de locadora que começou a atuar no segmento de aluguel de caminhões. A empresa é uma excelente alternativa para quem deseja escapar dos custos previstos na tabela da lei do frete.

Fleet News